• François

A hipócrita cortesia

Atualizado: Jun 6

Um bando de machistas notórios, truculentos e até defensores da supremacia dos "machos", caiu de pau na CPI da Covid. Por quê? Porque o interrogatório da médica de oncologia, Nise Yamaguche, foi suficiente para provar que ela não tem preparo nem competência científica para definir tratamento de natureza infecciosa. E ainda por cima, mentiu descaradamente sobre fatos relacionados à sua participação no gabinete paralelo que assessora Bolsonaro, deixando os ministros da saúde, quatro ou cinco, nem sei, na condição humilhante de simples figuras de recheio.


Ora, vieram com os argumentos mais cretinos. "Desrespeitaram uma mulher frágil, suave, deseducadamente". Mentira. Ali não é um ritual de entrevista social. Quem vai depor tem que falar a verdade e provar ter conhecimento do que defende. Ela não cumpriu nenhum desses requisitos. O desrespeito ali é mentir. E ela mentiu. Frágil é o povo, entregue à mais desastrosa administração da saúde pública em todo o mundo.


Hipócritas. O paralelismo administrativo está provado. E ela aparece na gravação dessa patifaria, recentemente publicado. Que desmascara toda a trama e a farsa contra as vacinas a a favor de um criminoso plano de imunização de rebanho.


Aliás, rebanho é o nome apropriado para esse grupo. Que inclui milícias, gabinete do ódio, fake News, e agora o comprovado Gabinete Paralelo, que um dos oradores do evento sugere ser chamado de Gabinete Fantasma, para, segundo ele, evitar publicidade.

57 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rifa macabra

Isso não é um governo. É uma rifa clandestina entre amigos e sicários da população, posto que dos atos e omissões o resultado foi a mais cruel mortandade populacional da história do Brasil. Amigos civ

As tripas de um país fecal

Cujo presidente dá um susto nos aliados ao ter interrompida a tripa cagaiteira. Pois pois, como diria um português de Lisboa. "Ô pá, lamento, mas se todo mundo morre um dia, como disse o próprio gajo,

Só Cagão? Não...

Azarão também. Cagou para a CPI e azarou a Seleção. Onde Bolsonaro põe a torcido o azar hospeda-se junto. Torceu pro Trump, Trump lascou-se. Torceu na eleição da Bolívia, a esquerda venceu. Torceu pel