top of page
  • Foto do escritorFrançois

A verdade é singular...

...a mentira é plural.


Uma verdade é coisa simples,/

solitária.

Não precisa de companhia./


A mentira é multidão,/

não se basta só.

carece do amparo de outras mentiras./


Pra cada mentira original,/

nasce uma ninhada.

Que se agasalha sob as asas da mentira mãe./


Parece o verso do Poeta João,/

lembra?

"Um galo sozinho não tece uma manhã."/


A mentira solitária não tece uma versão,/

precisará de outra mentira.

Pra ir a outros quintais./


E de quintal em quintal,/

as mentiras tecem uma verdade.

Até que a teia do embuste/

se agasalhe nos ouvidos desatentos.


Se pra cada regra há exceção,/

há uma nessa regra.

Não é mentira a mentira da ficção.



61 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Esconderijo de silêncios (VI)

Desde a partida do padre Salomão, Januária quase acostuma-se com a calmaria religiosa entre as igrejas. O novo padre, tolerante, a igreja Batista, luterana, com um pastor tradicional, os terreiros de

E quando morrer?

Ao nascer, nem lembro quando, se chorei, nasci. Infância de grotas, chãs, pé de serra, frutas, sacristias, chuva e seca, se brinquei, sorri. Adolescência, remanso das dúvidas, morrem as certezas, veló

Esconderijo de silêncios (V)

A chegada de novo pároco em Januária atiçou a curiosidade noturna dos habitantes. O que houvera de fato? O sacristão segurava-se na promessa feita ao padre Salomão. O novo padre, jovem, foi alvo de as

1 Comment


tcarneirosilva
tcarneirosilva
Mar 16, 2023

Pura verdade

Like
bottom of page