top of page
  • Foto do escritorFrançois

Alex Nascimento

Recebi pelo uátsáp uma carta de Alex Nascimento para Woden Madruga; uma delícia. Onde anda esse desalmado? Seu texto faz uma baita falta, nesse tempo de mesmice lítero-acadêmico-gongórico.

Desalmado sim, mas encarnado. Não da encarnação kardecista, e sim de barraca. Explico: ainda criança rebelou-se contra o azul dos sapatos de tricô, oponentes dos sapatos rosas, e passou a torcer pela barraca do Encarnado.

Tudo no contrário de toda regra estabelecida. Vou me valer de Florentino Vereda, confidente do remetente e do destinatário missivista, pra saber notícia.

45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Povo e o fascismo pentecostal

Um milhão de pessoas na rua, numa manifestação, não é Povo. Nem dez milhões, nem cem milhões. É Massa. Merece respeito? Sim. Mas não é povo. Povo é o conjunto de todos de um país, cada um compreendido

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

bottom of page