top of page
  • Foto do escritorFrançois

Aprende ou leva pau

Quantas derrotas serão suficientes, quantas vitórias jogadas na vala da expectativa, quantas lições serão ignoradas pra que neguim decida parar, pensar, agir e resolver o exercício da autocrítica?


Autocriticar-se é doloroso? Bem menos do que virar saco de pancada eleitoral. E a cada derrota, estrebuchar com argumentos furados para tentar convencer de que as derrotas são apenas vitórias não consumadas. Daí para embiocar no estuário do ridículo basta continuar perdendo e discursar que ganhou.


Aí vem o argumento mais cretino: "Mas a direita também perdeu e perdeu mais". Ora, grande consolo. O mesmo que o vizinho dirá sobre o teto furado, ao ver as telhas da casa ao lado também jogadas pelo vento.


A lição das urnas repete a aula professada na eleição anterior. Eis o desafio: Aprende e passa de ano ou mantem a arrogância e leva pau.



44 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Esconderijo de silêncios (VI)

Desde a partida do padre Salomão, Januária quase acostuma-se com a calmaria religiosa entre as igrejas. O novo padre, tolerante, a igreja Batista, luterana, com um pastor tradicional, os terreiros de

E quando morrer?

Ao nascer, nem lembro quando, se chorei, nasci. Infância de grotas, chãs, pé de serra, frutas, sacristias, chuva e seca, se brinquei, sorri. Adolescência, remanso das dúvidas, morrem as certezas, veló

Esconderijo de silêncios (V)

A chegada de novo pároco em Januária atiçou a curiosidade noturna dos habitantes. O que houvera de fato? O sacristão segurava-se na promessa feita ao padre Salomão. O novo padre, jovem, foi alvo de as

1 Comment


Silvestre Mendes de Oliveira
Silvestre Mendes de Oliveira
Nov 30, 2020

Conservadorismo psdbista ou burrice conservada.

Like
bottom of page