• François

Aprende ou leva pau

Quantas derrotas serão suficientes, quantas vitórias jogadas na vala da expectativa, quantas lições serão ignoradas pra que neguim decida parar, pensar, agir e resolver o exercício da autocrítica?


Autocriticar-se é doloroso? Bem menos do que virar saco de pancada eleitoral. E a cada derrota, estrebuchar com argumentos furados para tentar convencer de que as derrotas são apenas vitórias não consumadas. Daí para embiocar no estuário do ridículo basta continuar perdendo e discursar que ganhou.


Aí vem o argumento mais cretino: "Mas a direita também perdeu e perdeu mais". Ora, grande consolo. O mesmo que o vizinho dirá sobre o teto furado, ao ver as telhas da casa ao lado também jogadas pelo vento.


A lição das urnas repete a aula professada na eleição anterior. Eis o desafio: Aprende e passa de ano ou mantem a arrogância e leva pau.



44 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ciro e a cangalha

Votei em Ciro Gomes nas eleições passadas. E disse na época que ele era o mais preparado de todos os candidatos. E o único que oferecia ao eleitor um programa de governo. Nas mesmas circunstâncias, re

A cara chorosa da Direita...

...dá prazer. Independentemente do mérito desse julgamento de oito a três sobre a incompetência do julgamento e condenação de Lula na furna da onça de Curitiba, o que me alegra é ver a cara de choro d

Uma flor de Nantes/França...

...para Cajuais da Serra/ Martins. De Sueleide Suassuna. "Uma frô Entre um pneu e um tronco Uma rosa pra acalentar nosso pranto De saudade de um Brasil De céu anil De saudade da minha terra De Cajuais