• François

Bananada de laranja...

...marmelada de banana. Lembram da musiquinha do Sítio do pica-pau amarelo? Pois é. Tem de tudo no quintal do poder estabelecido. O presidente deu banana para jornalistas, mostrando o braço ereto sendo açoitado pela mão aberta do outro braço. Essa banana dão dá bananada. Mas explica muita coisa.

Voltando à musiquinha, há mais laranja que banana no gesto da instabilidade emocional. O laranjal do seu ex-partido, com um ministro envolvido e mantido no poder. Os laranjas das redes sociais, que tanto ajudaram, estão hoje insatisfeitos por falta de prestígio. Taí pra confirmar a ira pública de Magno Malta, Lobão e Alexandre Frota. São os laranjas da ética.

A marmelada da cultura, com jeito de banana, da cor do marmelo e com cheiro de jenipapo. E pra completar a goiabada de Damares, com Jesus subindo na goiabeira.

Tem fruta de sobra no cardápio do capitão. Jenipapada não é licor de jenipapo. Mas queima coivara e arquivo no meio do coqueiral.


23 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O rinoceronte acoelhou-se

Pois é. O valentão de dois dias atrás virou coelho, quando lhe apertaram os colhões. Essa tchurma não engana. Tudo valentia de ocasião, esperando que as armas ostensivas e os músculos bombados imponha

O oitão do cajá

O Cajá era um sitio minimalista, de propriedade de minha avó, onde morava seu Bendito do Cajá. Nunca soube do seu sobrenome, conhecido era ele pelo pós nome do sitio onde morava. O sítio era tão sem g

Picaretagem interrompida?

Onde e por quem demonstra a maluquice do país, do qual alguém já disse há muito tempo: "No Brasil não será surpresa se um dia a Sexta Feira da paixão cair numa Terça Feira de carnaval". A que me refir