• François

Bananada de laranja...

...marmelada de banana. Lembram da musiquinha do Sítio do pica-pau amarelo? Pois é. Tem de tudo no quintal do poder estabelecido. O presidente deu banana para jornalistas, mostrando o braço ereto sendo açoitado pela mão aberta do outro braço. Essa banana dão dá bananada. Mas explica muita coisa.

Voltando à musiquinha, há mais laranja que banana no gesto da instabilidade emocional. O laranjal do seu ex-partido, com um ministro envolvido e mantido no poder. Os laranjas das redes sociais, que tanto ajudaram, estão hoje insatisfeitos por falta de prestígio. Taí pra confirmar a ira pública de Magno Malta, Lobão e Alexandre Frota. São os laranjas da ética.

A marmelada da cultura, com jeito de banana, da cor do marmelo e com cheiro de jenipapo. E pra completar a goiabada de Damares, com Jesus subindo na goiabeira.

Tem fruta de sobra no cardápio do capitão. Jenipapada não é licor de jenipapo. Mas queima coivara e arquivo no meio do coqueiral.


23 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc

...um frouxo armado! Bolsonaro grita histericamente num palanque: "Povo armado não será escravizado". Mas não diz, "homem armado não será assaltado". Por que será que não diz? Vou contar. Vinha o ex-c

Acompanhei por muitos dias vários portais da Direita, bolsonaristas ou moristas, e descobri o óbvio. O discurso monocórdio, chato, paulificante. Portais, blogs e rádios televisadas. Vendedores de opin