• François

Bilhete pra Orlando

Começo como? Nem sei. Mas, tento vê-lo daqui pra criar coragem. Você vive nesse momento uma inversão da ordem natural das coisas. Pai não foi feito para sepultar filho. Porém, a ordem natural das coisas não é ordem nem natural. Desde que o ser humano por aqui chegou que essa ordem natural deixou de sê-la.


Passamos um pedaço da tarde de hoje, Laurence Nóbrega e eu, dedicando nossas memórias a você. Soubemos da partida de Alan quase na mesma hora. Laurence, por Edgar, o Capitão Gancho, como ele o chama. E eu, pelos parentes de Mossoró.


Foram muitas estórias engraçadas, alegres, de vida. Tanto que terminamos tristes. Temos inveja de você, posto que você crer na vida continuada e permanente da espiritualidade. Eu o invejo, pois não consigo ir além da finitude.


Mas, mesmo assim nos é dado o fardo do sofrimento quando parte alguém do nosso afeto. Embora crendo na continuidade do espírito, na certeza que você tem. Mesmo assim. Sei que Alan foi sua última e mais robusta paixão.


Meu abraço e minha tristeza, receba os dois. E aqui incluo Laurence. Que a memória do filho adorado lhe dê força. Muita força.







44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc

...um frouxo armado! Bolsonaro grita histericamente num palanque: "Povo armado não será escravizado". Mas não diz, "homem armado não será assaltado". Por que será que não diz? Vou contar. Vinha o ex-c

Acompanhei por muitos dias vários portais da Direita, bolsonaristas ou moristas, e descobri o óbvio. O discurso monocórdio, chato, paulificante. Portais, blogs e rádios televisadas. Vendedores de opin