• François

Bolsonarismo derrete em São Paulo

Atualizado: 24 de Out de 2020

Celso Russomano, aquele que tem arrancada de leão e chegada de jumento, tinha 29% das intenções de votos. Estava em primeiro lugar. Após receber o apoio de Bolsonaro e participar do primeiro debate na televisão, caiu para 20% e está em segundo lugar.


Enquanto isso, o candidato do Psol, Guilherme Boulos, que tinha 9% subiu para 14% e assusta Bruno Covas, que está agora em primeiro lugar. O tucano torce para que Russomano não derreta e vá para o segundo turno, pois será mais fácil vencê-lo do que vencer Boulos.


Covas conta com a ajuda de Lula e do PT, posto que os quatro ou cinco por cento do candidato petista poderá evitar a ida de Boulos, da esquerda, para o segundo turno. É o repeteco da eleição passada. Na passada, Lula argumenta que Haddad teve votos para ir ao segundo turno. E agora? O petista patina na rabeira. Não tem a mínima chance, mas pode ajudar a direita mantendo uma candidatura sem futuro. O bolsonarismo e o petismo compõem a aliança macabra dos "antagônicos".


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O rinoceronte acoelhou-se

Pois é. O valentão de dois dias atrás virou coelho, quando lhe apertaram os colhões. Essa tchurma não engana. Tudo valentia de ocasião, esperando que as armas ostensivas e os músculos bombados imponha

O oitão do cajá

O Cajá era um sitio minimalista, de propriedade de minha avó, onde morava seu Bendito do Cajá. Nunca soube do seu sobrenome, conhecido era ele pelo pós nome do sitio onde morava. O sítio era tão sem g

Picaretagem interrompida?

Onde e por quem demonstra a maluquice do país, do qual alguém já disse há muito tempo: "No Brasil não será surpresa se um dia a Sexta Feira da paixão cair numa Terça Feira de carnaval". A que me refir