• François

Burrice aos borbotões...

...inteligência a conta-gotas. Vejo no jornal da manhã que a a estúpida portaria do expediente presencial teve uma pequena revogação. Dispensa dessa estupidez os maiores de 60 anos.


Agora pergunto: E quem, dessa faixa etária, tiver se contaminado, durante a vigência dessa burrocracia? Êin? Sabe o que pode acontecer? O Estado ser acionado para pagar medicamentos, tratamento ou internação hospitalar. Sou Procurador do Estado, e se um processo desses for a mim distribuído, eu direi ao Juiz da causa que me reservo o direito de não defender o indefensável. O desumano. O principal patrimônio do Estado é a pessoa humana, só depois vem a Fazenda e o patrimônio Públicos. Não é dado ao governo descuidar da vida e bem estar do administrado.


E se alguém morreu por esse motivo? Dolo configurado, pois a Governadora assumiu o risco. Sou defensor do Estado, não sou advogado de governo.

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc

...um frouxo armado! Bolsonaro grita histericamente num palanque: "Povo armado não será escravizado". Mas não diz, "homem armado não será assaltado". Por que será que não diz? Vou contar. Vinha o ex-c

Acompanhei por muitos dias vários portais da Direita, bolsonaristas ou moristas, e descobri o óbvio. O discurso monocórdio, chato, paulificante. Portais, blogs e rádios televisadas. Vendedores de opin