top of page
  • Foto do escritorFrançois

Burrice aos borbotões...

...inteligência a conta-gotas. Vejo no jornal da manhã que a a estúpida portaria do expediente presencial teve uma pequena revogação. Dispensa dessa estupidez os maiores de 60 anos.


Agora pergunto: E quem, dessa faixa etária, tiver se contaminado, durante a vigência dessa burrocracia? Êin? Sabe o que pode acontecer? O Estado ser acionado para pagar medicamentos, tratamento ou internação hospitalar. Sou Procurador do Estado, e se um processo desses for a mim distribuído, eu direi ao Juiz da causa que me reservo o direito de não defender o indefensável. O desumano. O principal patrimônio do Estado é a pessoa humana, só depois vem a Fazenda e o patrimônio Públicos. Não é dado ao governo descuidar da vida e bem estar do administrado.


E se alguém morreu por esse motivo? Dolo configurado, pois a Governadora assumiu o risco. Sou defensor do Estado, não sou advogado de governo.

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Povo e o fascismo pentecostal

Um milhão de pessoas na rua, numa manifestação, não é Povo. Nem dez milhões, nem cem milhões. É Massa. Merece respeito? Sim. Mas não é povo. Povo é o conjunto de todos de um país, cada um compreendido

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

bottom of page