• François

Cadê a lei do mercado?

Num é nada, num é nada. Num é nada. Pois é, cabe a pergunta. Cadê a irrevogável e sagrada lei do mercado? "Tudo se resolve no mercado, basta deixar a iniciativa privada agir e trabalhar, sem interferência do Estado".

E assim era explicado ou eram explicados os preços da gasolina nos postos de combustíveis. "Se sobe o preço do petróleo, sobe o preço dos seus derivados". Simples e claro como a Fonte de Pureza. Ocorre que quando o preço do petróleo caía, não caíam os preços dos derivados. Não se mexiam nas "bombas".

Kkkkkkkkkk. E agora? Agora tem oferta e "promoção" de gasolina pra tudo que é lado. Com o estoque antigo. Peraí...não era o estoque do "preço justo" da lei do mercado?

Se era, e agora tem promoção folote, alguém estava enfiando a faca na economia popular. Ou não? Ou alguém vai acreditar que os postos de combustível estão fazendo caridade? Olha, num é nada, num é nada...Num é nada. É só mais uma mentira capitalista desmentida por um vírus. Virose do mercado.

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que eles disseram no verão passado.

Há dois ou três anos, não sei precisamente, o deputado Eduardo Bolsonaro declarou que "Quem pede ao Supremo para ficar calado numa CPI é um covarde". Na mesma época, o também deputado e depois ministr

O cagão e a China

Disse o cagão: "É uma maldade dizer que eu me referi à China, pois não citei a palavra China". O que foi que ele disse? Disse que o vírus corona pode ter sido produzido em laboratório, para ser usado