• François

Chitãonaro e Chororô

Chora Sara Winter/

chora Malafaia/

chora Ives Gandra/

chora e soluça Bretas/

Chora todo mundo,

e o choro corre bem

todo mundo a lamentar/ no muro de Jerusalém.


Chora Augusto Nunes/

chora Alexandre Garcia/

chora o Lacombe/

chora o matutino da JP/

chora todo mundo,

e o choro é tão baboso

que chega a jogar lágrimas/ nas partes ovais do Bozo.


Chora a Crusoé/

choram antagonistas/

até o Diogo chora/

choram todos os moristas/

só não choram os humoristas,

e o choro virou decano

que até Bolsonaro chora/ pelo seu chefe americano.









59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rifa macabra

Isso não é um governo. É uma rifa clandestina entre amigos e sicários da população, posto que dos atos e omissões o resultado foi a mais cruel mortandade populacional da história do Brasil. Amigos civ

As tripas de um país fecal

Cujo presidente dá um susto nos aliados ao ter interrompida a tripa cagaiteira. Pois pois, como diria um português de Lisboa. "Ô pá, lamento, mas se todo mundo morre um dia, como disse o próprio gajo,

Só Cagão? Não...

Azarão também. Cagou para a CPI e azarou a Seleção. Onde Bolsonaro põe a torcido o azar hospeda-se junto. Torceu pro Trump, Trump lascou-se. Torceu na eleição da Bolívia, a esquerda venceu. Torceu pel