• François

Chitãonaro e Chororô

Chora Sara Winter/

chora Malafaia/

chora Ives Gandra/

chora e soluça Bretas/

Chora todo mundo,

e o choro corre bem

todo mundo a lamentar/ no muro de Jerusalém.


Chora Augusto Nunes/

chora Alexandre Garcia/

chora o Lacombe/

chora o matutino da JP/

chora todo mundo,

e o choro é tão baboso

que chega a jogar lágrimas/ nas partes ovais do Bozo.


Chora a Crusoé/

choram antagonistas/

até o Diogo chora/

choram todos os moristas/

só não choram os humoristas,

e o choro virou decano

que até Bolsonaro chora/ pelo seu chefe americano.









59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc

...um frouxo armado! Bolsonaro grita histericamente num palanque: "Povo armado não será escravizado". Mas não diz, "homem armado não será assaltado". Por que será que não diz? Vou contar. Vinha o ex-c

Acompanhei por muitos dias vários portais da Direita, bolsonaristas ou moristas, e descobri o óbvio. O discurso monocórdio, chato, paulificante. Portais, blogs e rádios televisadas. Vendedores de opin