top of page
  • Foto do escritorFrançois

Ciro e a cangalha

Votei em Ciro Gomes nas eleições passadas. E disse na época que ele era o mais preparado de todos os candidatos. E o único que oferecia ao eleitor um programa de governo. Nas mesmas circunstâncias, repetiria o afirmado.


Ocorre que as circunstâncias mudaram. E não foi por novos eventos políticos ou eleitorais. Não. Foi o próprio Ciro quem mudou o azimute das circunstâncias. Ou melhor, o seu discurso.


Ciro Gomes se postava com discurso de centro-esquerda, progressista, com elevado nível de alcance social. Só mantém essa última parte, pra fazer justiça. Mergulhou num discurso caviloso, raivoso contra a esquerda da qualquer matiz. Nem o centrão encampa tal discurso.


Pois bem. O cavalo selado que Ciro Gomes esperava na sua porta, para sua candidatura, virou um jumento encangalhado. Boa viagem, Ciro, que o caminho é longo até Sobral.

125 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Esconderijo de silêncios (VI)

Desde a partida do padre Salomão, Januária quase acostuma-se com a calmaria religiosa entre as igrejas. O novo padre, tolerante, a igreja Batista, luterana, com um pastor tradicional, os terreiros de

E quando morrer?

Ao nascer, nem lembro quando, se chorei, nasci. Infância de grotas, chãs, pé de serra, frutas, sacristias, chuva e seca, se brinquei, sorri. Adolescência, remanso das dúvidas, morrem as certezas, veló

Esconderijo de silêncios (V)

A chegada de novo pároco em Januária atiçou a curiosidade noturna dos habitantes. O que houvera de fato? O sacristão segurava-se na promessa feita ao padre Salomão. O novo padre, jovem, foi alvo de as

1 Comment


Joaquim Neto Suassuna Neto
Joaquim Neto Suassuna Neto
Apr 17, 2021

Pois eh, França! é agora José? como fica nosso pobre Brasil, nessa dicotomia, direita/ esquerda.

Um populista, dissimulado, o qual já conhecemos o enredo em que desaguou no outro polo. Um bufão fascista, miliciano e perigoso.

Só rogando aos Deuses, para que nos apresente um "Bidem" Brasileiro.

não precisamos de Salvadores da pátria, mas de bom senso e respeito as instituições e a dignidade humana.


Like
bottom of page