• François

Definição cirúrgica

Bolsonaro prometeu sepultar a velha política. Com certeza ele não é da velha política, pois a velha política, com todos os seus defeitos, tinha ou tem sagacidade, matreirice, inteligência. Coisas que faltam a Bolsonaro. Ele também prometeu implementar a nova política. A nova política seria marcada por honestidade, probidade, publicidade, impessoalidade. Coisas que faltam a Bolsonaro tanto quanto faltam as qualidades da velha politica. Taí o centrão vendendo apoio por cargos. Taí a rachadinha do filho senador, taí o Queiroz escondido, taí o Moro denunciante, taí o suplente do filho denunciando, taí a deputada oferecendo vaga no Supremo pra evitar saída de Moro. Isso é novo em quê?

E eu ficava tentando uma definição para a política do Bolsonaro. Não achei. Pois saiu agora. Num voto genial do Ministro Rogerio Schietti Machado Cruz, do Superior Tribunal de Justiça, a definição definitiva. Bolsonaro é um necropolítico. Negando um Habeas Corpus de uma deputada bolsonarista contra o isolamento, o Ministro disse que essa prática recorrente do atual governo tenta implantar a necropolítica.

Nem nova política, nem velha política. É a necropolítica. Isto é, a politica da morte.

Desde antes de agora. Com apologia à violência, adoração por armas, confronto permanente. A negação do isolamento social é apenas mais um gesto da necropolítica.

47 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Caras de bunda

Tivemos recentemente dinheiro na bunda. Hoje temos nádegas nas fuças. A que me refiro? Aos comentários de alguns fascistóides da imprensa nacional inconformados com a vitória popular na Bolívia. Num d

O caráter e o talento

Tempos de acentuação vertical do mau-caratismo. A pergunta paira sobre a realidade política e cultural do continente de Vera Cruz. Fulano é talentoso? A pergunta sai numa reunião de jornalistas e prod