• François

Estranheza por quê?

Estão estranhando a escolha do novo ministro da educação. Não vejo razão para tal estranheza. Se no reino da mediocridade, o rei é mentalmente inferior aos medíocres, qualquer auxiliar que mereça sua escolha não terá fronteira limítrofe da imbecilidade.

Está no cerne e no fígado do reino. Um reino tripal. Isso mesmo, tripal e não tribal. Posto que tribal vem de tribo, que é coisa de humanos. E tripal vem de tripas, que é coisa do intestino, onde se fabrica merda.

Uma das pérolas do novo ministraço, desse ministério de traças, é a defesa de violência física contra crianças, como forma "eficiente" da "educação" pelos pais.

Um malafaínha a mais ou a menos não altera o covil dos olavetes.

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mais uma ideologia abatida

E eu deixando mais uma fora das minhas crenças. Qual? O anarquismo, a graciosa ideologia de Bakunin e de Proudhon. Era o anarquismo uma espécie de segundo time, onde desaguavam todas as tendências pro

Aplauso

Não tenho alinhamento automático com nenhum partido ou grupo ideológico da atual vida nacional. Nenhum. Situo-me na posição de esquerda independente, abominando todo e qualquer tipo de fundamentalismo

Padre Tércio...

...mais um desmanche do passado. E como dói. Não doem os músculos nem o coração, é o passado que dói. Quando cheguei ao Ginásio Diocesano Seridoense, que depois virou Colégio, em 1961, o diretor era M