• François

Fátima Bezerra bolsonariou?

Parece que sim. Num momento em que os casos de Covid multiplicam-se no Estado, o governo Fátima Bezerra publica uma decisão no mínimo estúpida.


O que diz o texto publicado? Que os servidores estaduais devem voltar às atividades presenciais de expediente. E tem mais, se o servidor for do grupo de risco, terá de apresentar atestado médico, passível de avalição por junta médica do Estado. Isto é, burocracia burra e insensata. No momento em que os colégios particulares suspendem aulas presenciais, pois a situação é de gravidade maior do que no inicio da pandemia.


Um idoso, hipertenso, diabético, ou asmático, funcionário público, terá de provar que é idoso e portador de comorbidade, arriscar-se à contaminação numa peregrinação pela burocracia do governo, pondo em risco inclusive os membros da junta médica específica.


Vou aguardar a live de Bolsonaro anunciando aos quatro cantos: "Tá vendo? Até o governo petista do Rio Grande do Norte concorda comigo. É uma gripezinha de merda". Numa coisa ele estará certo. Há um miasma fecal no centro da burocracia oficial.

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rifa macabra

Isso não é um governo. É uma rifa clandestina entre amigos e sicários da população, posto que dos atos e omissões o resultado foi a mais cruel mortandade populacional da história do Brasil. Amigos civ

As tripas de um país fecal

Cujo presidente dá um susto nos aliados ao ter interrompida a tripa cagaiteira. Pois pois, como diria um português de Lisboa. "Ô pá, lamento, mas se todo mundo morre um dia, como disse o próprio gajo,

Só Cagão? Não...

Azarão também. Cagou para a CPI e azarou a Seleção. Onde Bolsonaro põe a torcido o azar hospeda-se junto. Torceu pro Trump, Trump lascou-se. Torceu na eleição da Bolívia, a esquerda venceu. Torceu pel