• François

Golpe, que golpe?

Atualizado: 4 de abr.

Wellington Aires do Couto, de origem mossoroense, lembra um texto antigo meu, de 2017, ele que mora hoje em Remanso, na cidade nova substituta da que foi engolida pela barragem. E ajudou a edificá-la.


Vou responder. Naquele texto eu levantava a impossibilidade do golpe contra a Democracia por falta de condições objetivas. Tais sejam; apoio popular, apoio internacional, interesse americano numa ditadura aqui no Brasil, e principalmente na incapacidade militar das nossas forças armadas de bancar e manter um governo golpista. Completamente incapaz.


Vamos aos fatos. Lição da guerra: Não tema do inimigo o que ele quer contra você, tema o que ele pode. Essa lição de guerra não é brasileira. É de quem já fez guerra. Os militares brasileiros nunca fizeram guerra, montaram golpes. Até a guerra do Paraguai não foi vitória do Brasil, foi uma chacina de três países contra o mais fraco dos quatro. Chacina. Aquilo não foi guerra.


As "guerras" das nossas forças armadas sempre foram contra brasileiros. Operários, estudantes, intelectuais, cientistas. Só.


Agora, o Braga Neto publica uma nota criminosa anistiando tortura e morte, censura e exilio, sinalizando ameaça de golpe. Resultado? Uns medrosos de esquerda dão trela à ameaça. Idiotas, quem late muito morde pouco.


O medo é anterior e pior do que o fato. Medroso é o melhor inimigo pra quem ameaça. O medroso é cúmplice do ameaçador.


Estou torcendo pela tentativa de golpe. Torcendo. Tentem! Uma informação pros idiotas medrosos. Há quatro castas no Brasil que abiscoitam mais de trinta por cento do nosso PIB, no custo com pessoal. São elas: Judiciário, Ministério Público, Tribunais de Contas e Oficialato das Forças Armadas. Essa gente é a dona do barracão de fornecimento da Fazenda Brasil. Essa tchurma quer mudança?


Aqui, ó! Há quartéis do Exército, e não são poucos, que fazem inveja a condomínios de luxo. Inveja por quê? Porque todo o custo é com dinheiro público. Caviar, picanha importada, vinhos clássicos e outra mumunhas. Essa gente vai arriscar-se a perder essa bocona com golpe para manter no poder esse pilantra, corrupto, ladrão, cuja família nunca deu um prego na vida privada, vivendo sempre à custa do Erário? Vai?


Braga Neto, você é um cagão. Augusto Heleno, você é um cagado. Pelo amor de Deus, vocês fariseus que erigem Deus acima de todos, tentem o golpe. Façam esse favor ao Brasil. Tentem. E vocês, esquerdistas de portais esclerosados, parem de cagar nas calças antes da caganeira. Tenho dito.

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que falta acontecer neste país brutalizado, estuprado e descido à condição de submundo do crime oficial. Crimes de Estado. Após chacina em favela do Rio, com aplausos de Bolsonaro, esse genocida cot

Qual a relação? Me veio à memória os tempos idos da Casa do Estudante. Lá cheguei vindo do Colégio Diocesano Seridoense, de Caicó. Caicó me abriu uma janela pro mundo, pelo CDS; a Casa do Estudante me

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc