• François

Mais uma vitória da Democracia

O povo chileno decidiu sepultar a carniça ditatorial ainda sobrevivente como resíduo do fascismo pinocheteano. O plebiscito que definiu o fim da constituição do regime de Pinochet, teve o apoio de oitenta por cento da população.


Os fascistóides daqui; leia-se pingos nos ís, (Augusto Nunes e seus acólitos) Alexandre Garcia, Ernesto Lacombe e outros menos ouvidos, mentiam informando que a mobilização ocorrida no Chile era coisa de uma minoria "terrorista", que seria derrotada nas urnas com facilidade.


Taí o resultado. Oitenta por cento dos votos. Que minoria, ein?

O Chile repete a Bolívia, e sinaliza para novos ventos de liberdade.



26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rifa macabra

Isso não é um governo. É uma rifa clandestina entre amigos e sicários da população, posto que dos atos e omissões o resultado foi a mais cruel mortandade populacional da história do Brasil. Amigos civ

As tripas de um país fecal

Cujo presidente dá um susto nos aliados ao ter interrompida a tripa cagaiteira. Pois pois, como diria um português de Lisboa. "Ô pá, lamento, mas se todo mundo morre um dia, como disse o próprio gajo,

Só Cagão? Não...

Azarão também. Cagou para a CPI e azarou a Seleção. Onde Bolsonaro põe a torcido o azar hospeda-se junto. Torceu pro Trump, Trump lascou-se. Torceu na eleição da Bolívia, a esquerda venceu. Torceu pel