• François

Mais uma vitória da Democracia

O povo chileno decidiu sepultar a carniça ditatorial ainda sobrevivente como resíduo do fascismo pinocheteano. O plebiscito que definiu o fim da constituição do regime de Pinochet, teve o apoio de oitenta por cento da população.


Os fascistóides daqui; leia-se pingos nos ís, (Augusto Nunes e seus acólitos) Alexandre Garcia, Ernesto Lacombe e outros menos ouvidos, mentiam informando que a mobilização ocorrida no Chile era coisa de uma minoria "terrorista", que seria derrotada nas urnas com facilidade.


Taí o resultado. Oitenta por cento dos votos. Que minoria, ein?

O Chile repete a Bolívia, e sinaliza para novos ventos de liberdade.



26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que falta acontecer neste país brutalizado, estuprado e descido à condição de submundo do crime oficial. Crimes de Estado. Após chacina em favela do Rio, com aplausos de Bolsonaro, esse genocida cot

Qual a relação? Me veio à memória os tempos idos da Casa do Estudante. Lá cheguei vindo do Colégio Diocesano Seridoense, de Caicó. Caicó me abriu uma janela pro mundo, pelo CDS; a Casa do Estudante me

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc