• François

Malabarismo aritmético...

...de uma derrota inquestionável. Os malabaristas de verbos e adjetivos, advérbios e conjunções tentam convencer outros e a si próprios de que o resultado das urnas não foi uma derrota acachapante da direita integralista. Quem venceu? A esquerda, o centro esquerda, o centro e a direita democrática. O bolsonarismo, direita da estupidez, perdeu e perdeu feio. Ou bonito.


Essa é a constatação substantiva. Nas capitais, cuja decisão saiu no primeiro turno, Bolsonaro perdeu em todas. Todas. Para o segundo turno, apenas em duas os bolsonaristas conseguiram atravessar. Rio de Janeiro, onde perderá feio, ou bonito, e Fortaleza, onde o candidato apoiado por Bolsonaro já declarou que não é candidato de ninguém. Medo grande. Ele vinha muito bem nas pesquisas, em primeiro lugar; quando recebeu o apoio público de Bolsonaro, caiu e chegou ao segundo turno em segundo lugar. Perderá também. Anotem e cobrem.


O Psol elegeu o vereador mais votado do Rio de Janeiro, onde o campeão de votos da eleição passada fora o filho de Bolsonaro. Agora, Carluxo elegeu-se em segundo lugar com um terço a menos dos votos da eleição passada. O Psol elegeu o vereador mais votado de Porto Alegre. E também elegeu o vereador mais votado do Recife. A mãe dos filhotes de Bolsonaro não se elegeu vereadora. A auxiliar predileta de Bolsonaro, que agregara o sobrenome do ídolo ao próprio nome, não conseguiu eleger-se vereadora em Angra dos Reis. A companheira de Marielle Franco, vereadora assassinada covardemente por bolsonaristas, elegeu-se vereadora com votação consagradora.


Se isso não é uma derrota, só há uma explicação. O delírio contagioso do fascismo informando que Donald Trump também não perdeu. Tudo na mesma lata, esperneando feito siris capturados.

55 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Em cada avaliação...

... uma tendência. É o que se lê sobre o resultado das eleições. Entre os polarizados, cada lado avalia trazendo mais cinza do braseiro. Já que brasas de mesmo, mesmo, ninguém encontra com fartura. Do

Aprende ou leva pau

Quantas derrotas serão suficientes, quantas vitórias jogadas na vala da expectativa, quantas lições serão ignoradas pra que neguim decida parar, pensar, agir e resolver o exercício da autocrítica? Aut

Fátima Bezerra bolsonariou?

Parece que sim. Num momento em que os casos de Covid multiplicam-se no Estado, o governo Fátima Bezerra publica uma decisão no mínimo estúpida. O que diz o texto publicado? Que os servidores estaduais