top of page
  • Foto do escritorFrançois

Não discordo de Bolsonaro.

Eu discordo de muitas coisas de Lula, mas respeito Lula. E poderei votar nele. Discordo de muitas coisas de Ciro Gomes, mas respeito Ciro Gomes. Poderei votar nele. Discordo da direita democrática, mas respeito a direita democrática. Espero não precisar votar nela.


E de Bolsonaro, eu discordo? Não. Em política você discorda de atos ou opiniões. Quais os atos políticos de Bolsonaro? Não conheço. Quais as opiniões de Bolsonaro que merecem reflexão para discordância? Não as há.


Portanto, Bolsonaro não me produz discordância. Produz repugnância. REPUGNÂNCIA. É um ser humano repugnante. Seus gestos, sua fala, suas declarações estão no estuário do esgoto. O manancial excretável do mais nauseabundo miasma.


Ele cabe naquela terrível conceituação de Machado de Assis: "Há indivíduos que quando nascem não aumentam a humanidade, nem a diminuem quando morrem".

67 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Povo e o fascismo pentecostal

Um milhão de pessoas na rua, numa manifestação, não é Povo. Nem dez milhões, nem cem milhões. É Massa. Merece respeito? Sim. Mas não é povo. Povo é o conjunto de todos de um país, cada um compreendido

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

bottom of page