• François

Nevaldo Rocha

Atualizado: 20 de jun. de 2020

Um empreendedor que o Sertão do Rio Grande do Norte emprestou à cidade e nunca mais o recebeu de volta. A não ser por visitas antigas ou pela casa de Caraúbas posta num cantinho de numa daquelas enormes fotografias que "enfeitam" o Shopping de meio do caminho entre o Sul e Norte de Natal.

Nevaldo é merecedor, sem qualquer favor, da minha admiração. Inclusive, e poucos sabem, pela ajuda desprendida que ele deu, sem divulgação ou cobrança, à Casa do Estudante, pardieiro belo e pobre abrigador dos estudantes retirantes do mesmo Sertão de onde ele também retirara. Presidia a Casa do Estudante, naquele momento, meu irmão Silvestre Gomes Júnior. (Inclusive com a edificação de novos apartamentos, na parte oeste da Casa do Estudante)

À sua memória associo minha deferência.

73 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que falta acontecer neste país brutalizado, estuprado e descido à condição de submundo do crime oficial. Crimes de Estado. Após chacina em favela do Rio, com aplausos de Bolsonaro, esse genocida cot

Qual a relação? Me veio à memória os tempos idos da Casa do Estudante. Lá cheguei vindo do Colégio Diocesano Seridoense, de Caicó. Caicó me abriu uma janela pro mundo, pelo CDS; a Casa do Estudante me

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc