• François

No fiofó

Em vez de buraco no ozônio, ozônio no buraco. A cloroquina do Bolsonaro, o feijão do Valdomiro, a curtura jurídica e o curtume do presidente do STJ, a "independência" do procurador Aras, o silêncio da conje de Moro e o prefeito de Itajaí contraindo a cuvid-19.

Comenta-se entre muros que Osmar Terra contraiu o convida-9, ao ir ao cineminha ver o filme "O nono Mandamento". Por isso perdeu a primeira aplicação do ozônio.

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc

...um frouxo armado! Bolsonaro grita histericamente num palanque: "Povo armado não será escravizado". Mas não diz, "homem armado não será assaltado". Por que será que não diz? Vou contar. Vinha o ex-c

Acompanhei por muitos dias vários portais da Direita, bolsonaristas ou moristas, e descobri o óbvio. O discurso monocórdio, chato, paulificante. Portais, blogs e rádios televisadas. Vendedores de opin