top of page
  • Foto do escritorFrançois

Notas cívicas

Primeira nota: Na viagem de D. Pedro para São Paulo, antes do dia Sete, ele corneou a princesa Leopoldina com Domitila de Castro. Dona Leopoldina mandou carta e documentos das Cortes portuguesas para o Imperador e trocou cartas melosas e confidenciais com a amiga Maria Graham, que fora expulsa do palácio por D. Pedro.


Segunda nota: Deodoro só aceitou depor o Imperador Pedro II após ser informado, mentirosamente, que o novo Ministro Chefe do Gabinete seria Gaspar da Silveira Martins, que havia tomado a namorada de Deodoro, lá no Rio Grande do Sul. Coçou o chifre e proclamou a República.


Terceira nota: Bolsonaro irá às manifestações do dia Sete com uma camisa de três listas. Uma lista verde, uma amarela e outra branca. Será uma camisa patriótica, de cor sim, cor sim, cor não.

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Esconderijo de silêncios (VI)

Desde a partida do padre Salomão, Januária quase acostuma-se com a calmaria religiosa entre as igrejas. O novo padre, tolerante, a igreja Batista, luterana, com um pastor tradicional, os terreiros de

E quando morrer?

Ao nascer, nem lembro quando, se chorei, nasci. Infância de grotas, chãs, pé de serra, frutas, sacristias, chuva e seca, se brinquei, sorri. Adolescência, remanso das dúvidas, morrem as certezas, veló

Esconderijo de silêncios (V)

A chegada de novo pároco em Januária atiçou a curiosidade noturna dos habitantes. O que houvera de fato? O sacristão segurava-se na promessa feita ao padre Salomão. O novo padre, jovem, foi alvo de as

コメント


bottom of page