top of page
  • Foto do escritorFrançois

O arreganho que nunca me assustou

Nem me bateu a passarinha. Essa história de golpe militar. Imaginar tanques de guerra enchendo as ruas do Brasil para dar golpe político só entra na cabeça de medrosos ou ignorantes. Chance zero. E não digo agora, disse antes. A cada ameaça do bufão, no cercadinho da bufagem, eu repetia. Tudo arreganho de cagão.

Taí. Agora, estão buscando foro especial pra salvar o 01 da cadeia. Ou da humilhação de uma cassação no Senado. E se houver, haverá. E não resultará em nada.

A Procuradoria Geral da República, num gesto de salvar a imagem, está cobrando do general Heleno, esse pijamado recalcado, desde os tempos de Sílvio Frota, a explicar a chantagem de "consequências imprevisíveis", que ele pôs numa nota bajulatória ao seu capitão superior. Vai ter de explicar. E não tem tanque de flandre nas ruas.

Entendeu, bundão? E os militares que receberam indevida e desonestamente o auxílio emergencial vão ter de devolver. Democracia é o regime do civismo. E militar honesto, que felizmente é a maioria, prima por garantir a atitude cívica da sociedade. Ponto final.

78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Povo e o fascismo pentecostal

Um milhão de pessoas na rua, numa manifestação, não é Povo. Nem dez milhões, nem cem milhões. É Massa. Merece respeito? Sim. Mas não é povo. Povo é o conjunto de todos de um país, cada um compreendido

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

bottom of page