• François

O bufão e a ópera bufa

Taí o que é a decantada maior democracia do planeta. Uma bufa de teatro burlesco. E não é desmoralizada por nenhum inimigo externo ou algum inimigo interno. Não. É o presidente dessa democracia de miçanga, de chuleio de tecido esgarçado.


E ainda se acham no direito de impor regimes e nomes de seus lacaios no domínio de países pobres pelo resto do mundo.


Isso é a pátria da democracia? Merda nenhuma. É cocô esborrando pelas beiras da fossa. E fora da cloaca, como diria Branchu, tudo é beira.


Estados Unidos da América. Esse nome hoje soa como um ocupante da latrina numa desbarrigada de caganeira. Viva Trump, que tirou a máscara dessa bosta. Mesmo que seja ele o cagão número um. Porém, não caga nem desocupa a moita.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O rinoceronte acoelhou-se

Pois é. O valentão de dois dias atrás virou coelho, quando lhe apertaram os colhões. Essa tchurma não engana. Tudo valentia de ocasião, esperando que as armas ostensivas e os músculos bombados imponha

O oitão do cajá

O Cajá era um sitio minimalista, de propriedade de minha avó, onde morava seu Bendito do Cajá. Nunca soube do seu sobrenome, conhecido era ele pelo pós nome do sitio onde morava. O sítio era tão sem g

Picaretagem interrompida?

Onde e por quem demonstra a maluquice do país, do qual alguém já disse há muito tempo: "No Brasil não será surpresa se um dia a Sexta Feira da paixão cair numa Terça Feira de carnaval". A que me refir