top of page
  • Foto do escritorFrançois

O Caderno de Deuzivaldo...

...de Tácito Costa.


Uma delícia. Esse é o adjetivo apropriado. Estava com a novela e um outro volume de crônicas na fila de espera. Não que estivesse lendo outros títulos. Não. Nesse tempo de corre corre pra quase nada fiquei sem ler livros.


Só agora catei o bicho. Apesar do hábito da leitura dinâmica, adquirido há muito tempo, estou lendo o "Caderno" lentamente. Degustando. Quando acabar, completarei o comentário. Não sou crítico literário, mas no catálogo pessoal é uma Novela. De primeiríssima qualidade. Tácito é um craque no uso da palavra certa, posta na frase precisa. Tudo na medida. Com o toque de tempero de um suspense manso. Agradabilíssimo.

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Povo e o fascismo pentecostal

Um milhão de pessoas na rua, numa manifestação, não é Povo. Nem dez milhões, nem cem milhões. É Massa. Merece respeito? Sim. Mas não é povo. Povo é o conjunto de todos de um país, cada um compreendido

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

bottom of page