• François

O Caderno de Deuzivaldo...

...de Tácito Costa.


Uma delícia. Esse é o adjetivo apropriado. Estava com a novela e um outro volume de crônicas na fila de espera. Não que estivesse lendo outros títulos. Não. Nesse tempo de corre corre pra quase nada fiquei sem ler livros.


Só agora catei o bicho. Apesar do hábito da leitura dinâmica, adquirido há muito tempo, estou lendo o "Caderno" lentamente. Degustando. Quando acabar, completarei o comentário. Não sou crítico literário, mas no catálogo pessoal é uma Novela. De primeiríssima qualidade. Tácito é um craque no uso da palavra certa, posta na frase precisa. Tudo na medida. Com o toque de tempero de um suspense manso. Agradabilíssimo.

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A inflação dispara sem controle, ninguém mais manda encher o tanque. Só no Rio de Janeiro há 3,7 milhões de pessoas em estado de fome permanente. O Ministério da Saúde gastando dinheiro público e ener

De bananas? Sim, senhor. Mas é da banana ouro? Não. Prata? Não. D'água? Também não. É do bananal de nanicas. A banana nanica é grande, porém a bananeira de onde ela vem é anã. Pequenina. Frutos aparen

Sou do tempo em que positivo era sinal do benfazejo. "Como vai"? E a resposta boa era: "Tudo positivo". E tome o dedo polegar pra cima, dizendo Cézar ao gladiador para não matar. Até no jargão polici