top of page
  • Foto do escritorFrançois

O cagão e a China

Disse o cagão: "É uma maldade dizer que eu me referi à China, pois não citei a palavra China". O que foi que ele disse? Disse que o vírus corona pode ter sido produzido em laboratório, para ser usado numa guerra bacteriológica. E perguntou: "Qual país teve seu PIB mais crescido? Não vou responder".


A que país ele se referia? Ora, ora, ora. Quando um funcionário chinês deu-lhe um puxão de orelha, o cagão acocorou-se. E desdisse o que disse que não tinha dito. Cagão.


Há um cagão, negacionista, fascista, analfabeto, estúpido que é presidente de um país da América Latina. Não estou acusando ninguém. Em nenhum momento eu disse o nome de batismo que foi posto no cagão. De quem falei? Sei não.



56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Povo e o fascismo pentecostal

Um milhão de pessoas na rua, numa manifestação, não é Povo. Nem dez milhões, nem cem milhões. É Massa. Merece respeito? Sim. Mas não é povo. Povo é o conjunto de todos de um país, cada um compreendido

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

bottom of page