top of page
  • Foto do escritorFrançois

O criolo doido fugiu do hospício.

Atualizado: 26 de fev. de 2022

E não tem mais samba. Kkkkkkkkkkkkk. Ele resolveu compor uma polka, da região austro-húngara, desistiu, por ser difícil, e mandou uma kalinka, música marcial da Rússia.


Dá pra explicar? Vou tentar. Estão na mesma solidariedade a Putin, da Rússia, o trompista da Venezuela, Maduro; o pandeirista do Brasil, Bolsonaro; o percussionista de Cuba, Marrero Cruz; e o violonista da Nicarágua, Daniel Ortega.


Todo mundo junto e misturado. Até o tango argentino, mesmo calado, não se manifestou contra. O pobre do criolo doido mandou todos pra Passárgada, onde mora o rei corrupto e abdicante da Espanha. Quer carnaval mais pitoresco, pierroesco e arlequinesco do que este? Só com lança perfume de cloroquina.


P.S - Tudo isso se completa com a figura burlesca do presidente da Ucrânia, que é politicamente neofascista e artisticamente, humorista, é uma mistura de Batoré com Paulo Cintura.

53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Povo e o fascismo pentecostal

Um milhão de pessoas na rua, numa manifestação, não é Povo. Nem dez milhões, nem cem milhões. É Massa. Merece respeito? Sim. Mas não é povo. Povo é o conjunto de todos de um país, cada um compreendido

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

bottom of page