• François

O general e a dança da chuva

Um general, desses que empanzinam o governo, parece que de nome general Ramos, meu deus, disse que a chuva de ontem e hoje no Pantanal foi uma resposta de Deus à visita de Bolsonaro. General de quatro estrelas, como diria Newton Navarro, brilhantes pelo Kaol. Puta que pariu. Vá ser baba ovo pelo cargo comissionado assim lá no terreiro de Pai Chiquim.


Mas há um prazer. Qual? Vivi para escarrar na bosta dita por um general sem ter a PF me prendendo pela manhã. Pois é. Fosse naquele tempo dos gorilas e seus acólitos, incluindo os omissos, a Casa do Estudante seria invadida, sem mandado judicial, e eu preso. Por um grupo da PF ou um Jipe do Exército.


General Ramos, o senhor não é um ramo. É uma ruma.

47 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...da derrota de Bolsonaro. É Lula? Não. Lula sabe que nada está definido. Eleição e mineração só depois da apuração. Lição do velho pessedismo dos tempos saudosos do Brasil ingênuo e democrático. Inc

...um frouxo armado! Bolsonaro grita histericamente num palanque: "Povo armado não será escravizado". Mas não diz, "homem armado não será assaltado". Por que será que não diz? Vou contar. Vinha o ex-c

Acompanhei por muitos dias vários portais da Direita, bolsonaristas ou moristas, e descobri o óbvio. O discurso monocórdio, chato, paulificante. Portais, blogs e rádios televisadas. Vendedores de opin