top of page
  • Foto do escritorFrançois

"O Partido Republicano morreu"

Foi algum comunista que disse? Ou algum esquerdista americano? Ou o presidente da Venezuela? Ou um líder cubano? Não, não, não.


Foi Donald Trump, hoje, num discurso insuflando a massa a invadir o Capitólio. Disse e conseguiu o intento. Bagunçou o congresso, esculhambou a democracia americana e deu bananas para o processo eleitoral.


Daí podem sair várias consequências:

I- O fim do bipartidarismo americano, com a criação de um partido trumpista, que acolherá os idiotas úteis que o cercam e veneram.

II- O Congresso votar, em regime de urgência, o impeatcheam de Donald Trump, por inúmeros motivos. Crime contra a ordem pública, crime de lesa pátria, crime contra a ordem democrática, crime de mentira, crime contra o funcionamento regular do Congresso, etc...etc...é um passeio pelo Código Penal americano.

III- Se nada disso acontecer, constata-se: A decantada democracia americana deixou cair a máscara e perde a autoridade moral para cobrar democracia em qualquer lugar do mundo. Simples assim.

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Esconderijo de silêncios (VI)

Desde a partida do padre Salomão, Januária quase acostuma-se com a calmaria religiosa entre as igrejas. O novo padre, tolerante, a igreja Batista, luterana, com um pastor tradicional, os terreiros de

E quando morrer?

Ao nascer, nem lembro quando, se chorei, nasci. Infância de grotas, chãs, pé de serra, frutas, sacristias, chuva e seca, se brinquei, sorri. Adolescência, remanso das dúvidas, morrem as certezas, veló

Esconderijo de silêncios (V)

A chegada de novo pároco em Januária atiçou a curiosidade noturna dos habitantes. O que houvera de fato? O sacristão segurava-se na promessa feita ao padre Salomão. O novo padre, jovem, foi alvo de as

Comments


bottom of page