• François

Os militares

Vejo nas folhas que os militares do governo defendem Bolsonaro. Onde está a estranheza? Normalíssimo. Quem está no governo defende o governo. O militar é um disciplinado por força de lei e por princípio de vocação. A hierarquia militar não permite questionar a ordem superior.

O tenente diz ao sargento: "Abra a torneira e deixe sair água à vontade". O sargento discorda, mas pergunta: "É uma ordem"? O tenente responde: "É uma ordem". Aí o sargento abre a torneira e deixa a água perder-se. É uma ordem equivocada, mas não ilegal.

Porém, o regimento militar abre exceção. Quando? Quando diz que o subordinado não se obriga a cumprir ordem manifestamente ilegal.

Dissesse o tenente ao sargento: "Abra a torneira e jogue água até bloquear o trânsito". O sargento não precisaria perguntar se era uma ordem. Bastaria descumpri-la, por ser manifestamente ilegal.

Uma coisa são os militares do governo, outra coisa são os militares dos quarteis.

Lição não escrita do manual militar: Não tema o que seu inimigo quer contra você, tema o que ele pode contra você.

51 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Casamento e mais filhos

Bolsonaro declarou que o casamento com o PL do mensaleiro Valdemar da Costa Neto, aquele que foi condenado por corrupção, de quem Bolsonaro dizia querer distância, "vai gerar muitos filhos". Bem, po

A toga e o hipócrita

O ex-juiz Sérgio Moro revela-se muito preocupado com com uma recente besteira dita por Lula, quando interrogado sobre a quarta "eleição" de Daniel Ortega, na Nicarágua. Foi uma observação infeliz? Foi

A direita se lambuza...

...e seus adoradores ejaculam no gozo alheio. Bolsonaro, o rei da mentira, levou filhos e bajuladores "in pectore" para um passeio milionário, à custa do contribuinte, em Dubai. Tudo muito rico, muito