top of page
  • Foto do escritorFrançois

País, que país?

O Brasil consegue a proeza de destacar-se, politicamente, no meio mundo da destemperança. É o maior dentre os piores, o mais estúpido entre os idiotas. O mais senil entre os malucos. A grandeza da nossa estupidez consegue, nos tempos atuais, superar em tamanho o mapa continental.


Um presidente da república analfabeto de pai e mãe, que pariu filhotes analfabetos de avô e avó. Um vice presidente da mesma republiqueta, general, que não sabe a diferença entre semiárido e cristalino. Um outro general, mentalmente rombudo, ministro de saúde, que não consegue alcançar os termos de uma bula de medicamento, pedindo diariamente ao chefe orientação "médica". Um bando de desatinados "governando" um país desembestado.


Uma suprema corte composta de supremas mediocridades. Um parlamento comprável. Uma constituição jogada no lixo. Uma oposição de cócoras, tentando evacuar numa moita de pouca sombra. Instituições culturais entregues a estúpidos declaradamente ignorantes.


País, que país? Cazuza e Renato Russo nem ousariam perguntar.

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pequeno burguês de esquerda

Certa vez, um comentarista do Blog de Carlos Santos, pensando me agredir, chamou-me de ex-comunista. Eu respondi confirmando, para desencanto dele. Disse, na época, que concordava com a afirmação. E q

Desaforismos ao pé do chope.

I- Se em cada cabeça, uma sentença; em cada bunda, uma sentada. II- Tolstói disse que "certas pessoas ao entrarem numa floresta, só veem lenha para a fogueira". Hoje, muita gente olha para para a mu

A tribuna da defesa...

...no processo criminal. Não há hierarquia entre Juiz, Promotor e Advogado. Nenhuma hierarquia. Todos iguais, essenciais e indispensáveis à administração da Justiça. Mesmo que algum juiz se imagine Al

bottom of page