top of page
  • Foto do escritorFrançois

"Presidente...

...Por que Fabrício Queiroz depositou 89 mil reais na conta da sua mulher"? O mundo todo perguntou. Ao primeiro repórter respondeu: "Minha vontade é dar porrada na sua boca".


Ao resto do mundo, não podendo quebrar a boca de todos, atenuou: "Por que não fazem uma pregunta decente"?


Resposta daqui: "Só se faz pergunta decente para coisa decente, que produz resposta decente". No caso, o fato é indecente, o respondente também. A pergunta não é indecente. Indecente é o presidente. E, segundo Ciro Gomes, o presidente além de indecente é corrupto e ladrão.


Basta processar o Ciro. Pra se saber quem tem razão. O indecente das respostas ou a decência da pergunta?



46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Esconderijo de silêncios (VI)

Desde a partida do padre Salomão, Januária quase acostuma-se com a calmaria religiosa entre as igrejas. O novo padre, tolerante, a igreja Batista, luterana, com um pastor tradicional, os terreiros de

E quando morrer?

Ao nascer, nem lembro quando, se chorei, nasci. Infância de grotas, chãs, pé de serra, frutas, sacristias, chuva e seca, se brinquei, sorri. Adolescência, remanso das dúvidas, morrem as certezas, veló

Esconderijo de silêncios (V)

A chegada de novo pároco em Januária atiçou a curiosidade noturna dos habitantes. O que houvera de fato? O sacristão segurava-se na promessa feita ao padre Salomão. O novo padre, jovem, foi alvo de as

Comments


bottom of page