• François

Pro energúmeno, o destino

Do Blog do Primo: De Renato Dantas.

"No dia em que o Brasil deve superar a marca dos 30 mil mortos pela pandemia do novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que lamenta o número de óbitos no país, mas que “é o destino” das pessoas.

A declaração inusitada ocorreu nesta terça-feira (02) quando uma apoiadora pediu ao presidente que enviasse uma mensagem de conforto para as “inúmeras famílias enlutadas” em razão da pandemia de Covid-19 no Brasil".

Do Blog: Sem partido e sem caráter.

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que eles disseram no verão passado.

Há dois ou três anos, não sei precisamente, o deputado Eduardo Bolsonaro declarou que "Quem pede ao Supremo para ficar calado numa CPI é um covarde". Na mesma época, o também deputado e depois ministr

O cagão e a China

Disse o cagão: "É uma maldade dizer que eu me referi à China, pois não citei a palavra China". O que foi que ele disse? Disse que o vírus corona pode ter sido produzido em laboratório, para ser usado