• François

"Pronde vai, Dadinha"?

Foi a pergunta que dona Zulmira fez, após assinar, na carteira, as férias da sua empregada doméstica.

“Tava pensando, dona Zulmira, num passeio pela Venezuela”. A patroa estranhou: “Venezuela, criatura, por quê”? Dadinha não teve dúvida. E explicou que foi o país mais citado na televisão, nos intervalos das novelas, que Dadinha não perde nenhuma. “Mas num posso mais”.

Dono Zulmira quis saber a razão dela não mais poder ir à Venezuela. E Dadinha explicou: “Seu Guedes disse qui nóis, do lar, num pode mais sair do Brasil. Intão eu acho que vou pra Grugueia, lá no Piauí”. “Gurgueia, Dadinha”, corrigiu dona Zulmira.

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que eles disseram no verão passado.

Há dois ou três anos, não sei precisamente, o deputado Eduardo Bolsonaro declarou que "Quem pede ao Supremo para ficar calado numa CPI é um covarde". Na mesma época, o também deputado e depois ministr

O cagão e a China

Disse o cagão: "É uma maldade dizer que eu me referi à China, pois não citei a palavra China". O que foi que ele disse? Disse que o vírus corona pode ter sido produzido em laboratório, para ser usado