• François

Robôs cortando prego

Notícia publicada no Uol dá conta de que o governo federal publicou mais de seiscentos mil (653 mil) anúncios em canais clandestinos de notícias falsas. Dinheiro público bancando a farra das fake news.

Tudo sob o olhar complacente do Planalto e a intermediação do Gabinete do Ódio. Essa é uma das razões para a reação do capitão e seus cães de fila contra as operações desencadeadas sobre esse estuário criminoso.

É de bom alvitre acentuar que esses dados não são oriundos dessa operação. São dados oficiais da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das fake news, o que já sinaliza para a necessidade da operação em curso. E a expectativa de que tem muito mais podridão a supurar. Pus e sujeira muita, o que explica o clima de tensão na robolândia.


44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O rinoceronte acoelhou-se

Pois é. O valentão de dois dias atrás virou coelho, quando lhe apertaram os colhões. Essa tchurma não engana. Tudo valentia de ocasião, esperando que as armas ostensivas e os músculos bombados imponha

O oitão do cajá

O Cajá era um sitio minimalista, de propriedade de minha avó, onde morava seu Bendito do Cajá. Nunca soube do seu sobrenome, conhecido era ele pelo pós nome do sitio onde morava. O sítio era tão sem g

Picaretagem interrompida?

Onde e por quem demonstra a maluquice do país, do qual alguém já disse há muito tempo: "No Brasil não será surpresa se um dia a Sexta Feira da paixão cair numa Terça Feira de carnaval". A que me refir